0099UTILIZADORES ONLINE

Notícias

Carla Salomé Rocha na 14ª Maratona do Porto EDP!

A um pouco menos de um mês do evento, que vai para as ruas da Invicta a 5 de Novembro próximo, já é possível anunciar uma interessante novidade quanto à 14ª edição da Maratona do Porto EDP. É a primeira, certamente de muitas, confirmação de presença nessa corrida de atletas de elevado nível, e para mais de nacionalidade portuguesa - Carla Salomé Rocha, fundista que actualmente compete como individual, e que já foi do Vizela, Sporting e Benfica vai agora tentar fazer tão bem, ou melhor, do que a sua colega de treinos Catarina Ribeiro, segunda na edição do ano passado.

Não será tarefa fácil, dado que o lote de estrangeiras, e em especial de africanas, que a seu tempo será conhecido, vai facetar a prova de maneira incontornável. No entanto, Carla é uma atleta, que se pode designar como “todo o terreno”, extremamente prometedora, e uma certeza do atletismo português, tendo evoluído para a distância da maratona com todo o sucesso recentemente, a 7 de Maio passado em Praga, com uma estreia em 2h27m08s, no sexto lugar. A fundista, nascida a 25 de Abril de 1990, tem sido uma das mais constantes portuguesa nos 10000m, distância na qual esteve presente nos Europeus de Amesterdão do ano passado (12ª) e nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (26ª), detendo na distância um recorde pessoal de 32m05m82s, feito em Londres a 21 de Maio de 2016.

Este ano sagrou-se campeã nacional da dupla légua durante o Troféu Ibérico de Huelva, a 8 de Abril, com 32m17,73s, e mais tarde ganhou o meeting da Maia, organizado pela campeoníssima Fernanda Ribeiro, com 32m07,62s, de novo às portas do seu recorde pessoal. Em distâncias mais longas, em estrada, relevou o seu triunfo na Meia Maratona de Braga, a 12 de Fevereiro, com 75m01s. Um mês e uma semana mais tarde, viria a estabelecer o seu recorde pessoal nos 21097m, na Meia Maratona de Lisboa, com 73m01s.

Muito forte em crosse, sagrou-se campeã nacional de crosse curto em 2013 e 2014, e ganhou pela primeira vez a prova máxima nacional de crosse longo a 13 de Março de 2016 no Algarve, tendo este ano ficado em segundo lugar no mesmo certame, levado as cabo em Mira, a 5 de Março.

Para além da qualidade das individualidade que irão estar presentes na 14ª EDP Maratona do Porto, é de referir para já que de momento há mais de 6 mil inscrições confirmadas par os clássicos 42195m do evento, às quais irá juntar-se os lote do presentes na Family Race, de 15km, e na Fun Race, de 6km. Algo a seguir de perto com muito interesse, para um previsível novo recorde nacional quanto a terminadores numa maratona.

Próximas provas cheias de expectativas

Entretanto, antes da Maratona do Porto, vão ocorrer mais duas provas – sem contar com o Porto Antistress - organizadas pela Runporto, que prometem forte adesão.

Em primeiro lugar, cronologicamente, terá lugar a oitava edição da Corrida dos Ossos Saudáveis, já no próximo domingo, dia 15 de Outubro. O evento, que é patrocinado pela Associação Portuguesa de Osteoporose, é constituído por uma corrida cronometrada de 10km e uma caminhada de 5km, ambas com partida e chegada na Rotunda da Boavista. Espera-se “casa cheia”, como se costuma dizer, com 3 mil participantes em acção.

Uma semana volvida, a 22 de Outubro, a cidade de Espinho voltará a ser palco da corrida levada a cabo em memória do grande atleta que foi António Leitão, o qual, de entre muitas proezas, teve o ponto máximo da carreira com a obtenção de uma magnífica medalha de bronze na exigentíssima final olímpica de 1984 na distância dos 5000m, em Los Angeles. Também nesta corrida, com 10km de extensão e que será acompanhada por uma caminhada com 5km, se espera a presença de 3000 participantes, podendo-se assim superar o total conseguido o ano passado na primeira edição, desta forma funcionando como uma “corrida de balanço” cheia de energia a caminho da Maratona do Porto.

close