0092UTILIZADORES ONLINE

Corrida de S. João 2013

Rui Silva e Jéssica Augusto ganharam Corrida de São João

Rui Silva, do Sporting CP, e Jéssica Augusto, atleta individual, foram os grandes vencedores da 15ª edição da EDP Gás Corrida de São João, que este domingo uma vez mais encheu de gente e de cor as ruas do Porto, no belo percurso ribeirinho iniciado e finalizado na Av. Brasil, junto à Praceta do Molhe. Num dia de céu tapado mas com temperatura ideal para a corrida de longa distância, as condições climatéricas aproximaram-se do óptimo - descontando apenas um pouco de vento que se fez sentir - e dois dos mais famosos fundistas portugueses de sempre inscreveram o seu nome na prestigiosa lista de vencedores da prova, sucedendo a Rui Pedro Silva e Sara Moreira, triunfadores em 2012, o que significou também a segunda edição do certame em que a dupla vencedora é portuguesa.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20

A prova teve mais de 3600 participantes à partida para o evento principal de 15km, a que se juntou uma outra multidão a participar na caminhada, de tal ordem que foi possível passar um cheque de 5000 euros à entidade para a qual a Corrida de São João se propunha angariar fundos, a Associação Mundo a Sorrir, e isto com a contribuição de 50 cêntimos por inscrição, o que aponta para uma participação total de 10 mil pessoas.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20

Antes da partida Rui Pedro Silva, atleta e que agora representa o SL Benfica, era dado como principal favorito para reeditar o seu triunfo do ano passado, ainda obtido na condição de individual. Há bem poucos dias ele tinha competido com o "outro" Rui Silva, nem mais nem menos o maior especialista de sempre em Portugal nas distâncias intermédias do meio fundo, e não perdera por larga margem, nos 5000m dos campeonatos nacionais de clubes. E, por outro lado, Rui Silva tinha sido surpreendentemente batido por Rui Pinto nos 3000m desses mesmos campeonatos. Havia portanto a curiosidade de saber se a distância da prova poderia, ou não, favorecer Rui Pedro Silva. No entanto, a resposta foi dada cedo de mais, já que Rui Pedro viria a desistir e seria mesmo Rui Silva quem seguiria até final para disputa do primeiro lugar. Usando a sua proverbial velocidade terminal o sportinguista acabaria por se impor, gastando 44m53s para os 15km de prova, menos três segundos que o benfiquista José Moreira, enquanto outro atleta recentemente ingressado no clube lisboeta, neste caso Licínio Pimentel, fechava o pódio com 45 minutos exactos.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20

A vertente masculina da corrida tinha também a importância adicional de permitir decidir, de entre Hermano Ferreira e Ricardo Ribas, quem irá estar em Agosto na prova da maratona dos Mundiais de Moscovo. Esta solução de tudo decidir na Corrida de São João foi a opção da Federação Portuguesa de atletismo, já que ambos os fundistas haviam obtido neste início de ano mínimo B para os Mundiais, com tempos na casa das 2h14m, e com este tipo de mínimo só a um atleta por país é permitida a presença. Também aqui o embate que se poderia esperar ficou mais curto do que era inicialmente aguardado, dado que Ricardo Ribas cedo se atrasou e depois deixou de discutir posições com Hermano Ferreira, concentrando-se até final da corrida em seguir na companhia de Doroteia Peixoto. Hermano Ferreira, por seu lado, acabaria em sexto e com este desenlace terá garantido a presença na distância mais longa dos campeonatos mundiais.

No lado feminino Jéssica Augusto deu ideia de estar a ultrapassar uma fase difícil da sua carreira, em que problemas físicos reiterados desembocaram na desistência na maratona de Londres. Jéssica, terceira nesta prova o ano passado, venceu com enorme vantagem sobre as principais rivais, acabando em 51m35s e quase dois minutos de avanço sobre a sportinguista Catarina Ribeiro (53m26s), enquanto a também recém ingressada no Sporting Doroteia Peixoto (53m44s) conseguia relegar Mónica Silva para fora do pódio, ao subir em um lugar a classificação aqui obtida em 2012.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15

Muitas figuras públicas anunciada para o evento deram, como sempre, o seu contributo à Corrida de São João, sendo de referir em especial que o popular apresentador Jorge Gabriel terminou a corrida de 15km, demonstrando fôlego para o cumprimento da sua habitual exigente programação.

O evento permitiu também estrear um novo sistema de cronometragem, de origem holandesa, o Mylaps, tendo tudo corrido da melhor maneira, permitindo à Corrida de São João a manutenção do elevado índice organizativo que é seu apanágio desde há muitos anos.

Corrida de S. João 2013

Corrida de S.João - Promo

Corrida de S. João 2013
videos chegada

Video de chegada Corrida de S.João EDP Gás.

Já estão disponíveis os vídeos de chegada da Corrida de S.João no nosso site.
Como fazer: Consultar as classificações; abrir os detalhes da sua participação e aparecerá um pequeno video com os metros finais da vossa participação na corrida de Domingo.

Ainda se lembram como acabaram a prova?!

close