0064UTILIZADORES ONLINE

Notícias

Rui Pedro Silva vence de novo a S.Silvestre Cidade do Porto

18.12.2011

Rui Pedro Silva, actualmente a correr como individual, e Carla Salomé Rocha, atleta esta época no Sporting CP, foram os grandes vencedores da 18ª edição da Liberty Seguros São Silvestre Cidade do Porto, que esta noite de 18 de Dezembro teve lugar nas ruas centrais da Invicta. 

Muita gente veio para as ruas em vários locais da cidade, e em especial junto à meta, situada - tal como a partida - na Avenida dos Aliados, junto às instalações da Câmara Municipal do Porto, para seguir uma prova que ganhou uma grande tradição e que mais uma vez mostrou ser a maior corrida de fim de ano em Portugal. Mais de 6500 pessoas estiveram em acção, com 4000 na corrida principal de 10km de extensão e 2500m na Mini S. Silvestre, de 4km, para correr ou caminhar.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20image_21

Rui Pedro Silva, que para esta época está inscrito na Federação Portuguesa de Atletismo como individual, chegou ao terceiro triunfo consecutivo na prova. O antigo atleta do Maratona CP demonstrou uma forma já muito interessante ao culminar na meta com clara vantagem sobre os imediatos, em 28m34s, um tempo de categoria num percurso como se sabe exigente, com muitos altos e baixos. Seguiram-se Bruno Jesus, do Maia AC (29m07s), Alberto Paulo, o melhor corredor português de 3000m obstáculos, para a presente temporada transferido do Marítimo para o Benfica (29m16s), e depois Paulo Gomes (individual-29m23s), Bruno Albuquerque (Sporting-29m36s), Pedro Ribeiro (Maia AC -29m56s), Daniel Pinheiro (também Maia AC, 30m08s) e Jorge Santa Cruz (Benfica-30m19s).

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20image_21image_22

No lado feminino prevaleceu uma especialista de 3000m obstáculos de grande futuro. Carla Salomé Rocha, com alguma surpresa, deixou a concorrência a milhas, como se costuma dizer, para terminar com 32m24s, e mais de um minuto de vantagem sobre Sara Ribeiro, do Sporting de Braga (33m26s). Em terceiro lugar acabou a principal favorita, Leonor Carneiro, do Maratona CP, ficando inesperadamente longe da frente com 34m08s. Uma semana apenas após ter sido brilhante oitava nos Europeus de crosse, a nortenha, regressada há pouco de lesão prolongada e maternidade, terá acusado o certame de Velenje e não conseguiu estar próxima de se impor na decisão final.

A seguir ao pódio ficaram Mónica Silva (Maratona-34m16s), Sónia Fernandes (Benfica-36m00s), Susana Godinho (também Benfica, 37m25s) e Vanda Ribeiro (Grecas-37m57s).

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20

Para além de todo o sucesso popular do evento, a 18ª São Silvestre do Porto, que a exemplo de anteriores edições apostou apenas em atletas portugueses, decidiu prestar homenagem a um antigo e excelente atleta e treinador de Portugal e do Norte, na figura de Alfredo Barbosa, Foi com alguma emoção que o homenageado voltou ao contacto com as gentes do desporto-rei, através da iniciativa da Runporto, para ver reconhecidas as qualidades que o fizeram estimado de todos, de Norte a Sul do país.

Veja aqui a sua classificação.
close