0088UTILIZADORES ONLINE

Projetos Inovadores

Atualmente as duas Associações, Rosa Vida e Mama Help, apoiam o desenvolvimento de 3 projectos inovadores direcionados à melhoria da qualidade de vida do doente oncológico, uma das áreas mais deficientes em Portugal: QOLP, Pink Bees e Cinderella.

Quality Onco Life

Segundo o Euro barómetro da Atividade Física de 2017, 68% da população portuguesa não faz qualquer tipo de exercício físico, o que coloca Portugal entre os três países da Europa com piores resultados, a par da Grécia e Bulgária. Por outro lado, os vários estudos científicos indicam que o aparecimento desta doença está fortemente relacionado com o nosso estilo de vida actual: a alimentação e o sedentarismo. A gordura sarcopenica, ou gorgura abdominal, é um dos factores de maior risco para o aparecimento da doença oncológica, e o principal inimigo no tratamento e no evitar do aparecimento de recidivas.

Criado a partir de uma tese de doutoramento, o Quality Onco Life é um programa de exercício físico devidamente adaptado à condição da mulher em tratamento do cancro da mama, onde são aplicados, por profissionais com formação específica, exercícios de intensidade controlada personalizados, promovendo a diminuição dos efeitos secundários da quimioterapia como seja a redução da massa muscular, a perda de mobilidade e funcionalidade do membro afectado.

O Breast Cancer Physical Exercise Lab em colaboração com a Faculdade de Motricidade Humana e o Hospital S. Francisco Xavier engloba vários projectos que pretendem estudar o valor do exercício físico na prevenção e complemento do tratamento do Cancro da Mama.

PINK BEEs

Um dos problemas mais importantes relacionados com o diagnostico do Cancro da Mama é como se transmite esse diagnostico à família, sobretudo aos filhos pequenos e adolescentes. Se esta abordagem é difícil em casa, o conhecimento do problema na escola se bem trabalhado pode funcionar como um escudo protector que ajudará no equilíbrio futuro destas famílias.

O Projecto PINK BEEs (Breast Cancer Education for Educators) tem como objectivo educar os educadores, dando-lhes a formação necessária para serem capazes de apoiar e mitigar o impacto da doença nos seus educandos/alunos, idealmente ajudando-os a melhor apoiar as suas mães nesta fase difícil da doença.

CINDERELLA

Comparing decision on aesthetics after proper controlled teaching in patients proposed for Breast Cancer surgery

Com o diagnostico precoce e a melhoria dos tratamentos, a sobrevivência atinge valores próximos dos 90%, dez anos após o diagnostico. Como não há bela sem senão, as mulheres vivem mais, mas também carregam as consequências dos tratamentos. Felizmente relativamente à qualidade de vida muito menos mastectomias são necessárias e quando o são a reconstrução mamaria é possível na maioria dos casos. No entanto em mais de 30% dos casos os resultados estéticos da cirurgia, que a mulher carregará consigo para o resto da vida, são maus ou muito maus. Alguns destes resultados poderão ser maus devido ao acaso mas muitos são assim por má escolha da técnica ou mesmo má técnica. Para melhorar a performance tem que haver uma forma de avaliar os resultados que seja universal já que este problema ocorre em todos os países do mundo. Até hoje a única forma de avaliação que existe é a das próprias mulheres que tendem a subvalorizar os resultados pois afinal estão contentes por estar vivas.

O projecto CINDERELLA coordenado pela Fundação Champalimaud, pretende incluir as mulheres num barómetro de avaliação que seja utilizável em todos os centros na Europa de forma a que consigamos perceber em que nível de qualidade nos situamos e como podemos melhorar.

close