0076UTILIZADORES ONLINE

Notícias

Maratona do Porto será dominada uma vez mais pelos atletas africanos

01.11.2011

Encontramo-nos a menos de um semana da oitava edição da Maratona do Porto EDP, prova que aponta para a consecução do objectivo da obtenção de recordes do percurso em ambos os sexos.

Num período de grande dominação da mais longa distância olímpica do atletismo pelos atletas africanos e pela cada vez mais vincada ausência, ao invés, de talentos portugueses na distância dos 42195m - em especial no lado masculino - a aposta da Runporto para a prova passa fundamentalmente pelo Continente Negro, seguindo neste particular a tendência que se verifica em todo o mundo.

Alguns dos fundistas escalados para a corrida de domingo vão tentar ultrapassar o recorde masculino do queniano Lawrence Saina, as 2h09m52s que constituem a única marca obtida em Portugal abaixo das 2h10m. Um quarteto queniano com melhores marcas abaixo das 2h12m destaca-se, liderado por Elias Kiptum, com um máximo pessoal de 2h10m18s, e incluindo depois Philemno Baaru (2h11m01s), John Kirui (2h11m49s) e Jeff Terer (2h11m56s), quarteto que poderá vir a ter no eritreu Tesfay Mesfin o principal obstáculo. Não deverás ser esquecida também uma das últimas aquisições para a prova, o também queniano Alex Kirui, vencedor o ano passado e que assim regressa ao Porto para defender o seu título.

No lado feminino as maiores candidatas potenciais serão a eritreia Nebiat Habtemariam, com um marca pessoal de 2h32m04s, e a queniana Beatrice Toroitich , que já correu em 2h35m11s. Porém, em ambos os sexos há muitos atletas a fazerem a sua estreia na maratona, como por exemplo a queniana Beatrice Toroitich, pelo que o leque de eventuais revelações ou surpresas é muito mais alargado do que à partida poderá parecer.

Do lado português o nome mais sonante inscrito no evento é o de Leonor Carneiro, indo a nortenha fazer a Family Race, de 14 km.
No conjunto das três vertentes do evento, a Maratona EDP propriamente dita, a Family Race e a Fun Race, o número de inscrições tem continuado a aumentar de forma sustentada, esperando-se que domingo, 6 de Novembro, entre oito a nove mil pessoas encham de novo as ruas do Porto para uma grande festa do atletismo para todos.

Icon Informações Gerais (701,7 KB)
close